Acessibilidade logo

Acessibilidade

bat-papo

Fale com a Prefeitura

  • *Campos obrigatórios
  • Ao iniciar um contato, você concorda com a Política de privacidade

  • ...Ou se preferir

  • Ligue para nós

    (77)3485-2733

  • Ou seja atendido presencialmente

    Segunda a sexta-feira, das 08:00 às 14:00 horas.

    Praça Deputado Henrique Brito, 344, Centro

  • Outros meios de contato

Em conformidade com:

Segurança Pública
Delegacia Itinerante aproxima atendimento policial da população
21/09/2021

O Governo Unidos Pelo Desenvolvimento tem buscado dialogar com a população, os demais Poderes e órgãos de Segurança Pública do estado, para implantar uma segurança cidadã no município. Além da doação de uma viatura para as rondas Rural e Maria da Penha, a prefeitura também organizou o Conselho Municipal de Segurança Pública, doou o terreno para a construção da nova delegacia e, agora, apoia a Polícia Civil na implantação de uma Delegacia Itinerante.

 

O projeto, pensado junto com a Secretaria de Proteção Social, visa levar o serviço, que até então é prestado na sede do município, para a zona rural. Registros de boletins de ocorrências, denúncias e orientações de procedimentos policiais poderão ser realizados nas comunidades, conforme cronograma que já está sendo divulgado nas redes sociais do governo municipal.

 

Segundo o delegado Zanderlan Fernandes, os atendimentos priorizarão as situações emergenciais.

 

“Como as ocorrências registradas são, em sua maioria, de moradores da sede, constatamos que a população da zona rural tem dificuldade de acessar a delegacia. Por isso, tivemos a ideia, junto com a prefeitura, de levar o atendimento para mais perto dos cidadãos. Acredito que identificaremos uma demanda reprimida que exigirá muito empenho, mas atuaremos por prioridades”, disse.

 

A Delegacia Itinerante estreia nesta quarta (22), na Barrinha, atendendo aos moradores da comunidade e das localidades vizinhas.

 

“Estaremos durante todo o dia na Escola Municipal São José e esperamos que a população nos procure, seja para registrar alguma ocorrência, fazer alguma denúncia ou, simplesmente, conversar sobre os problemas de segurança da comunidade”, finalizou.


Autor: Paula Morena